Imagem mostra onde 30 tiros disparados acertaram o pastor; vários foram na região pélvica

O jornal Extra teve acesso ao laudo sobre o assassinato do pastor Anderson, neste último domingo e a imagem mostra exatamente onde cada um dos 30 tiros acertaram. Ele havia acabado de chegar em casa com a mulher, a deputada federal Flordelis.

Dos 30 tiros disparados, 7 acertaram a região pélvica do pastor e de acordo com uma fonte do Extra na Divisão de Homicídios de Niterói, o fato desta região ser a que concentrou o maior número de disparos pode indicar que tenha sido um crime passional.

Anderson era casado com a deputada federal Flordelis, mas a polícia está investigando se ele tinha um caso extraconjugal e se foi morto por alguns dos filhos por esse motivo.

Até o momento, a polícia já sabe que Lucas dos Santos, de 18 anos, que é um dos filhos adotados do casal, foi um dos executores do assassinato, ele admitiu a culpa e ainda revelou que um dos filhos biológicos da deputada, Flávio Rodrigues e Souza, 38 anos, seria um dos mandantes. Os dois já encontram-se preso.

A polícia tinha um mandado de prisão contra Flávio, mas era por violência doméstica, por isso ele foi preso no sepultamento do corpo do pastor. Agora a polícia acredita que ele esteja envolvido na morte de Anderson. Lucas foi preso quando foi prestar depoimento e o mandado de apreensão contra ele, estava relacionado ao tráfico de drogas quando era menor de idade.

A deputada federal, Flordelis, se nega a acreditar que os filhos estejam envolvidos no assassinato do marido, ela já havia dado uma declaração alegando que Anderson morreu ao impedir que ladrões entrassem na residência.